surtohype.com

Just another WordPress weblog

Parking lot

By admin • Mar 19th, 2004 • Category: contos

parkinglot03-2.jpgAinda hoje me pergunto: por que faz?amos tantos joguinhos se sab?amos sempre como ir?amos terminar?


Ainda hoje me pergunto: por que faz?amos tantos joguinhos se sab?amos sempre como ir?amos terminar?

Acho impressionante a capacidade do ser humano de meter-se em confus?o, cometer loucuras, correr perigo e brincar com fogo. Que diabos de magnetismo ? esse que certas pessoas e situa??es lan?am sobre n?s?

Na tentativa de me caracterizar como v?tima ou agente causador do epis?dio, acabei me descobrindo c?mplice. Era s?bado, hora do almo?o e n?o consegu?amos nos desgrudar, embora j? tiv?ssemos nos despedindo “n” vezes. Eu iria viajar dentro de algumas horas e ele, buscar a m?e n?o sei aonde.

Comecinho do namoro. Em frente a C&A, uns amassos indecentes para o hor?rio, recebendo olhares de reprova??o da maioria dos que passeavam pelo shopping, causando n?usea em alguns, tes?o em outros mas definitivamente indiferen?a a nenhum deles. Nossas bocas, nada discretas, ?s vezes mostravam as l?nguas que se enroscavam.

Ta?, um lance que nunca considerei muito est?tico, por?m naquele instante eu queria mais, muito mais. E ele n?o ficava atr?s. Me deixava com vergonha, eu puxava a saia pra baixo mas ele insistia… Era uma vontade louca no local mais inapropriado.

parkinglot03-2.jpg

Na derradeira despedida, decidi acompanh?-lo at? o carro no estacionamento, ent?o, descemos juntos ao 3? subsolo. N?o sei se estava t?o na cara minhas sinceras inten??es ou se eram as inten??es dele que j? tinham posto as minhas no chinelo.

Me empurrou para o v?o de uma das vagas, colocando-me estrategicamente de costas para ele, levantou minha saia e afastou minha calcinha para o lado. Foi tudo muito r?pido, muito certeiro, muito delicioso, muito doido! Nem o receio de que pud?ssemos ser vistos por outros carros, por outras pessoas e pela pr?pria seguran?a do estacionamento do shopping, que vez ou outra, ouv?amos passar com sua moto ronda e que pod?amos ver tamb?m o reflexo de suas luzes estilo ambul?ncia clareando parte da parede, nos fez parar ou perder o ritmo…

Menos de 10 minutos depois est?vamos indo embora. Eu me arrumando, rindo e cantando “upside down boy you turn me, inside out and round and round…”

Por Ginger

admin is
Email this author | All posts by admin

Comments are closed.